NIVEL SUPERIOR DOS AVAS

NIVEL SUPERIOR DOS AVAS

Durante reunião realizada hoje na ETESB,  fomos informados que há disponível R$ 302.000,00 (Trezentos e dois Mil reais ) para  serem gastos com a qualificação dos AVAS.

Esse dinheiro pode ser gasto tanto para curso de Nível Técnico como para o Curso de Tecnólogo( Superior).

Para nossa Surpresa fomos informados que a SVS através da Subsecretária Dra. Marilia não participou de nenhuma reunião na FEPECS e já se manifestou contra o Nível Superior ou Técnico para os AVAS.

NÃO VAMOS ACEITAR QUE A UMA SUBSECRETÁRIA DEFINA O FUTURO DOS AVAS, ASSIM COMO ESTAMOS COBRANDO O NÍVEL TÉCNICO PARA O ACS, VAMOS COBRAR O NÍVEL SUPERIOR PARA OS AVAS.

10389969_270033919849285_5112088123382339749_n

Um comentário em “NIVEL SUPERIOR DOS AVAS

  1. Natan disse:

    AVAS ( e ACS) simplesmente vejo como exagerado, até mesmo pelo o que fazemos de fato. Será que nossas ações são de nível tão complexo assim a ponto da necessidade de curso de nível superior.
    Detalhe, profissionais de nível superior na SES/DF são de formação específica, como: Médico, enfermeiro, dentista, assistente social, nutricionista e etc.
    Então pergunto, vão criar a graduação de Agente de vigilância ambiental? Se não for, então não faz sentido algum, seria somente para “massagear o ego” de quem parece está sempre caminhando dentro do próprio complexo. Fazer dessa carreira em nível superior em “qualquer área” foge e destoa de um quadro que busca um profissional aperfeiçoado na sua “área de atuação”. Vejamos, se realmente acontecesse de mudar a exigência de requisito para nível superior para se tornar AVA (ou ACS) isto sendo em qualquer área de formação. O quanto agregaria uma pessoa formada em filosofia, gestão de segurança privada, gastronomia, gestão imobiliária e etc, em nossas áreas de atuação? Será que estes chegariam prontos para exercer o cargo?

    Não estou criticando o sindicato por ter pautado essa reivindicação, afinal, é a própria categoria que pediu, mas sim, critico a viabilidade e a forma de como querem que seja feito.

    OBS 1: Não sou contra o aperfeiçoamento da categoria, e nem mesmo de quem quer cursar uma graduação, mas, temos que visar a razoabilidade e nível de complexidade (se é que existe) de nossas atividades fim.

    OBS 2: O interessante que quando foi para ingressar na profissão ninguém pediu para que fosse em nível superior, agora que está dentro, fica fácil querer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>